NEUROENDOSCOPIA

02/10/2013 15:36

A Neuroendoscopia é um procedimento minimamente invasivo aplicado na Neurocirurgia.

Um endoscópio cirúrgico é um instrumento óptico para a visualização de estruturas no interior de uma cavidade. Os instrumentos cirúrgicos são adaptados e passam por dentro do endoscópio ou por pequenas aberturas. Na Neurocirurgia chamamos a técnica de neuroendoscopia.

A endoscopia permite a habilidade de ver no interior de cavidades com magnificação (aumento da imagem). A Neuroendoscopia possibilita o acesso a tumores, sangramentos e outras lesões, mesmo que profundas, sem a necessidade de um grande acesso cirúrgico. Isto resulta em menor tempo cirúrgico, melhor precisão, menor quantidade de sangramento e menor tempo de internação. Tudo isto visando melhores resultados cirúrgicos com segurança e conforto para o paciente. Os riscos para os pacientes diminuem, uma vez que a qualidade das imagens é melhor e o método, menos invasivo.

Indicações para neuroendoscopia na neurocirurgia são:

•Hidrocefalia (ventriculostomia)

•Processos expansivos intraventriculares (tumores e cistos)

•Cistos aracnoides e tumores cerebrais císticos

•Hemorragias intraventriculares e outras intervenções intraventriculares

•Neurocirurgia assistida por endoscopia

•Tumores da base do crânio

•Cirurgia transesfenoidal transnasal da hipófise (cirurgia de hipófise por endoscopia)

•Remoção de hemorragias do tecido cerebral

•Biópsia cerebral

Novas opções surgem no horizonte da neurocirurgia graças à aplicação de técnicas minimamente invasivas, sobretudo na área do diagnóstico e da terapia de patologias intracranianas.